IAPRENDI - Empreendedorismo Feminino

Até em finanças, casamento é união, e não divisão

Olá iaprendizes, hoje vamos falar um pouco sobre o impacto das finanças no casamento. Afinal, os números não mentem jamais!

Você sabia que falta de dinheiro está entre as 5 principais causas dos divórcios neste país?

E as estatísticas também mostram que as famílias brasileiras conversam frequentemente sobre assuntos polêmicos e necessários como drogas, sexo e violência, mas não falam sobre dinheiro. Por quê?

Bom, na maioria das vezes os próprios provedores do dinheiro não sabem exatamente como lidar com ele, como prosperar e como transferir para os filhos ensinamentos dessa área. Simples assim.

Mas voltando ao tema de hoje, os casais precisam conversar entre si, o quanto antes e sempre que possível, sobre suas finanças pessoais. Não é só questão de um saber quanto o outro ganha ou de definir se terão conta bancária conjunta. Nada disso. Conversar sobre finanças, sobre o seu dinheiro, é falar de planos, de escolhas, de consumir com qualidade, de investir com segurança, de ter saúde financeira em família. E é claro, quando os filhos chegarem, poder transmitir a eles com qualidade e propriedade o que aprenderam e praticam.

E tão importante quanto ganhar e guardar é a forma que você gasta seu dinheiro. Ter qualidade de consumo e consciência financeira contribui para a sua felicidade. Afinal, se você não vive a vida com equilíbrio, conquistando experiências, de que valeu produzir o seu dinheiro?

Entenda que todas aquelas diferenças pertinentes de um casal não são obstáculos para uma vida em harmonia. Lembre-se do tempo que se apaixonou, você encontrou uma pessoa que te levava a lugares diferentes, que falava de assuntos que você desconhecia, que curtia as mesmas coisas que você, mas de forma diferente, que conseguia te mostrar o mundo de um jeito diferente. Então, assim como no amor e no convívio, em finanças não será diferente. O que nos torna capaz de ser feliz em casal é nossa capacidade de lidar com as diferenças, é reconhecer quando precisamos ceder e quando precisamos fazer prevalecer nossa vontade. E também quando é preciso evoluir, ter mais informação, conhecimento, sobre os assuntos que são de interesse mútuo.

Minha sugestão é que comecem devagar, alinhando um objetivo em comum que gostaria de realizar ou talvez um momento tranquilo que possam conversar sobre seus anseios e onde as finanças impactam nisso. Enfim, dê o primeiro passo e o universo conspirará a favor daquilo que você quer conquistar.

 

“Dinheiro não traz felicidade – para quem não sabe o que fazer com ele. ” Machado de Assis

0 responses on "Até em finanças, casamento é união, e não divisão"

    Leave a Message

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Depoimento

    Olá iaprendizes, hoje vamos falar um pouco sobre o impacto das finanças no casamento. Afinal, os números não mentem jamais!Você sabia que falta de dinheiro está entre as 5 principais causas dos divórcios neste país?E as estatísticas...

    0

    0
    Todos os direitos são reservados ao iaprendi®.

    Pin It on Pinterest

    Share This
    X
    UA-70901200-1